6 SINAIS DE QUE UM AVC PODE ESTAR A CAMINHO

Em conformidade com estudos do Ministério da Saúde, o Acidente Vascular Cerebral (AVC) é o principal responsável por mortalidade e sequelas no Brasil. A descoberta dos sintomas antecipadamente é fundamental para evitar danos ao cérebro. 



A descoberta antecipada dos sintomas é determinante para evitar danos ao cérebro, sendo assim é possível reverter a maior parte dos danos provocados pelo AVC até 3 horas depois do acidente. Depois disso, todavia, as lesões cerebrais pouco provável podem ser curadas. E é fundamental, saber identificar os sintomas iniciais e chamar rapidamente o serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) pelo telefone 192.



 Cerque-se de informações sobre alguns sintomas que podem ajudar a identificar o AVC ainda no início.

Nos músculos: Geralmente possui sacrifício para andar, fraqueza de um lado do corpo, moleza muscular, incapacidade de coordenar movimentos musculares, instabilidade, músculos rígidos, paralisia com músculos fracos, problemas de coordenação, paralisia de um lado do corpo ou reflexos hiperativo

Na visão: extravio temporária da visão em um olho, súbita perda da visão, visão dupla ou visão embaçada.

Na fala: dificuldade de fala, fala arrastada ou perda da fala.

Sensorial: formigamento ou redução na sensação de tato.

No rosto: dormência ou fraqueza muscular.

No corpo: atordoamento ou vertigem.

Na cognição: confusão mental ou incapacidade de falar ou entender o próprio idioma.



Também é comum: afasia de wernicke, dificuldade em engolir, dor de cabeça, fraqueza de um membro ou movimento rápido involuntário dos olhos.

       Quem tem mais chance de ter um AVC. 

As causas de riscos são incalculável, quanto maior for a idade da vítima, maior o risco de sequelas de um AVC.

Alguns desses fatores não são controláveis, como a idade, o gênero (mais frequente nos homens) e a genética. Em relação à idade, é importante referir que cerca de 25% dos AVCs ocorrem em pessoas jovens.

A diabete, a hipertensão arterial, o colesterol, a obesidade, o sedentarismo, as arritmias, a displasia fibromuscular, o consumo de tabaco e de álcool também contribui para contrair o  AVC




Fonte: www.noticiasaominuto.com

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

5 FESTAS DE CELEBRIDADES QUE FORAM MUITO EXAGERADAS

AS PLACAS MAIS ENGRAÇADAS DA INTERNET

15 OBJETOS QUE ERAM COMUNS EM 2010 MAS EM 2020 QUASE DESAPARECERAM